FANDANGO MESTRE BRASÍLIO

Dia 20 baile07Daniel Castellano.jpg

Baile de Fandango no Encontro de Tradições!

Os mestres Brasílio Santos Ferres e Waldemar Cordeiro estão à frente do Grupo de Fandango Mestre Brasílio – Ilha dos Valadares.

Os dois são verdadeiros patrimônios vivos na história e nas práticas do fandango no litoral do Paraná. Aprenderam com os pais e avós e por toda vida seguiram dançando, tocando e mantendo a tradição.  Participaram de vários grupos sediados na Ilha dos Valadares, atual capital do fandango paranaense, onde vivem muitos tocadores e mestres desta tradição.

O grupo dança um repertório vasto e seus mestres buscam repassar aos mais jovens a história e a prática das tradições populares da região.

 

Waldemar Barbosa Cordeiro Foto  Guilherme Romanelli.jpg
Brasílio Santos Ferres Foto  Guilherme Romanelli.jpg

Homenageado do evento, o Fandango é um baile rural encontrado no litoral do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. Forte tradição dos caiçaras, ligado às práticas de mutirão. Em outros tempos, as comunidades se reuniam para serviços como roçadas, construção de casas e canoas e o pagamento era o baile.

Diversão garantida até os dias de hoje,  ele é tocado com instrumentos construídos nas comunidades, com madeiras e materiais da natureza  local. 

Viola, rabeca e adufo – nome dado ao pandeiro na região – acompanham danças de pares e os famosos “batidos” tão característicos do Fandango.

Os batidos são rodas de sapateados, nas quais os homens improvisam, mostrando vigor e criatividade: um show à parte. No evento, além dos bailes, o público pôde fazer oficinas  e conversar com os mestres.

No evento, além dos bailes, o público pôde fazer oficinas  e conversar com os mestres.

O Fandango foi recentemente registrado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional como Patrimônio Imaterial do Brasil. É o único representante do Paraná nesta seleta lista.

Dia 20 baile01Daniel Castellano.jpg